Skill é um termo que vêm do Inglês e significa habilidade, conhecimento.

No contexto dos Recursos Humanos, é comum ouvirmos falar em Skills de maneira geral, como itens que compõem o currículo de um candidato e que os qualificam para determinada posição em uma empresa.  

O que muitos ignoram é que estes skills podem ser categorizados de acordo com as políticas da empresa, seus valores, prioridades, perfil ideal, …E esta diferenciação pode ser decisiva num processo seletivo. Quer entender como?  

Soft Skills 

De forma sintética, os Soft Skills são aprendidos por experiência – abrangem habilidades comportamentais, de organização, colaboração e comunicação, entre outros – que se relacionam com a personalidade e os valores do candidato. 

Para as empresas, a importância de cada soft skill costuma variar bastante. É necessário definir na hora em que o perfil da vaga é traçado quais são os soft skills mais adequados para o profissional, levando em conta os valores da empresa, o clima organizacional e as carências de habilidades das equipes que se relacionarão diretamente com o novo profissional.  

 Alguns exemplos de Soft Skills: 

Comunicação  

Mais importante que se comunicar é se fazer entender. A habilidade de comunicar e ser compreendido só vem através da prática: fala, audição e escrita, aliadas a um pouco de persuasão são componentes fundamentais de uma comunicação efetiva.  

 Resiliência 

Saber lidar com momentos ruins ou cheios de pressão, resultados inesperados e urgências é essencial para quase todas as áreas de atuação. Como costuma ser aprendida através da prática, reflexão e adequação do comportamento, este skill costuma surgir com o tempo e é valiosíssimo para as empresas que precisam se adequar às mudanças bruscas do mercado.  

 Empatia 

A capacidade de ouvir, entender e se colocar no lugar do outro é outra habilidade valiosa no mercado de trabalho: internamente, esta ‘sensibilidade’ cria equipes mais unidas e lideranças mais humanas. Externamente, ajuda a compreender mais a fundo as necessidades dos clientes.  

 Autogerenciamento 

Entender seu tempo é essencial para cumprir prazos. Gerenciar seu fluxo de tarefas, coordenar entregas e buscar resultados com cada vez mais eficiência são algumas características do autogerenciamento, que também abrange inteligência emocional, divisão de tarefas e gerenciamento do stress. Este tipo de Skill garante funcionários mais proativos e engajados com seus trabalhos, que se preocupam tanto com seu rendimento quanto seu bem-estar emocional. 

 Hard Skills 

Hard Skills são as habilidades e conhecimentos que podem ser mensurados de alguma forma. Aqui entram cursos, certificações, e qualquer habilidade específica de uma área de atuação, e costumam estar listados nos currículos dos profissionais sob Educação, Cursos e Especializações, etc, 

 

São exemplos de Hard Skills: 

Fluência em língua estrangeira;

Graduações, cursos técnicos, pós-graduações e especializações;

Workshops, cursos rápidos e palestras;

Domínio de ferramentas específicas à área de atuação.

 

Os hard Skills e a educação, seja ela formal ou informal, atestam conhecimentos teóricos, práticos e operacionais sobre a função, e costumam ser requisitos da primeira triagem de currículos, mas é  preciso adaptar a metodologia de seleção para abranger também os soft skills ideais de uma função para atrair candidatos que se identificam mais e se adaptam melhor – e então investir no desenvolvimento destas habilidades. 

 

Frontall Select é a solução ideal na busca por colaboradores competentes e em sintonia com os desejos de empresa. Nossa metodologia de recrutamento e seleção inclui a montagem de um perfil ideal, unindo os soft e hard skills mais relevantes a testes práticos, teóricos, comportamentais e psicológicos. Fale com nossos especialistas e solicite agora uma proposta.